terça-feira, 13 de junho de 2017

Síndrome mão-pé-boca

Olá, meninas..!!!

       Faz tempo que não publico nada, pois ando bem corrida. Aniversário do #babygurelatoriodebordo e eu acabei ficando bem doente, aliás todos em casa, então resolvi escrever sobre algo para ajudar.

      O Gu começou com uma febre de 39 até 39,5º, então eu estava medicando durante a noite e alternando dois remédios que a pediatra já havia me recomendado, acaso a febre fosse bem intensa. Para nós que estava na época dos outros dentinhos nascer, descartamos essa hipótese, pois a febre não chega a esse ponto.

       Pensamos que poderia ser uma gripe, pois começou com uma tosse e febre, então levamos ao Pronto Socorro, isso foi em uma Terça-Feira. Lá foi medicado como gripe e deram Amoxilina, Hixizine, Alivium, Novalgina e Prelone. Ele ficou uns 2 dias sem comer direito, dava apenas duas colheradas e parava, mas mamava muito bem graça a Deus.

        Após 4 dias em claro, cuidado do baixinho eu acabei adoecendo e acreditava que era também uma gripe, então em uma sexta eu acabei indo ao PS, fui medicada com Bezetacil, pra casa tomar Amoxilina com Clavulanato, Dipirona, Ibuprofeno, Predsona, Hexomedine e com tudo isso é claro que meu estômago foi para as cucuias neh.. e então entramos com Omeprazol. Tudo isso foi no período de 4 dias em 4 PS diferentes.

        O pequeno com o tempo ficou super bem, o tempo de não comer foi apenas de 2 dias, 5 dias de febre. Já no meu caso a dor de garganta já vinha desde quando ele começou com a febre e continuou por mais uns 15 dias.

      No 8º dias eu não conseguia mais nem engolir água.... consegui uma consulta de emergência na Otorrino de minha confiança e ela me informou que eu estava com a garganta em Carne Viva, as pontas dos meus dedos e o calcanhar estavam cheia de pintinhas vermelhas. Então ele diagnosticou com a Síndrome mão-pé-boca.


     No 10º Dia aparecera feridas por todo o meu rosto



No 13º é quando melhorou a minha dor de garganta e já conseguia engolir alguma coisa, nesse dia também consegui uma consulta com a Pediatra do meu filhote, que pode confirmar que realmente acabei pegando a Síndrome. Porém no meu caso foi mais grave. Após os sintomas da garganta passar toda o meu corpo aonde estava sensível começou a descascar.



 
        Nós adultos,não costumamos pegar essa Síndrome, nossos filhos chegam a pegar, mas costumas-se passar desapercebidos nos adultos. Porém se estive com a saúde fraca e sua imunidade cair, corre-se um sério risco de pegar e ser mais grave que as de nossos baixinhos.

      Não precisava, ter tomado toda aquela medicação. Eu parei logo que fui diagnosticada, pois infelizmente da mesma forma com que veio, ela vai embora. A única medicação que tomei foi para tentar aliviar as dores da garganta, mas que os medicamentos convencionais não ajudou muito. Tive que tomar um mais forte na veia no PS.

       Espero que o post ajude algumas mamães a diagnosticar o problema e que os pequenos não passem por tantos remédio como passamos. Sempre recorra ao seu pediatra. Que aliás eu e o papai passamos com a Pediatra nesse dia....rsrsrsrsrs....

Um grande beijo meninas...  !!
     





   

Nenhum comentário:

Postar um comentário